Bonecas restauradas


Aqui as estrelas não são as bonecas e sim os restauradores. estes grandes artistas que resgatam dos lixos, terrenos baldios, brechós, do esquecimento, do fundo dos guarda roupas, sótãos,
 baús, bonecas que para todos não era nada, cheias de bolor, sujeira, cabelos emaranhados, cabeças sujas de cola, sem contar com a sujeira pelo corpo todo, todas riscadas de canetas, e as roupas então?

Eli Lili

Eu frequento alguns grupos de restauradores de bonecas, por pura admiração de seus trabalhos, porque eu mesmo não restauro nada, nem os reborn que eu faço. Então solicitei ajuda de alguns restauradores experientes para fazer este artigo e o texto que segue é um resumo da experiência que compartilharam gentilmente e fotos de seus trabalhos magníficos, que teremos o prazer de conhecer.


Nicolas

Alguns vivem exclusivamente de reforma de bonecas, outros já o fazem por hobby, e também há  quem  tenha por 2ª renda. Seja como for, em todos os casos percebe-se que é por puro amor que o fazem. E basta ver a situação do "antes" das bonecas para se constatar tal verdade.


Jeane Matos

É muito curioso os motivos pelos quais cada um começou no ramo de restauração. Gostar de artesanato, foi o motivo da Eli, que procurava bonecas em brechós e as levava para casa, nuas a fim de deixá-las lindas. Já Nicolas, foi movido pela curiosidade. Muito interessante é o motivo da Jeane Matos, que iniciou com reborn, e viu na arte, a possibilidade de usar parte da técnica para restaurar bonecas.

 Eli Lili

Nicolas

Quando se inicia em alguma arte, temos sempre onde buscar informações, tutores e tudo mais. Mas esta foi uma das maiores dificuldades dos nossos guerreiros. Com informações escassas, e para quem começou à muito tempo atrás, quase sem internet, e mesmo nos dias de hoje, quase não se encontram informações, e ainda tem o famoso do "quem tem não compartilha" às vezes, somado à falta de reposição de peças fábricas, muitas já fechadas, catálogos insistentes, isso tudo contribui bastante para as maiores dificuldades encontradas para os restauradores.

Jeane Matos

A maioria das bonecas chegam para consertos trazidos por seus donos, mas muitas são adquiridas em brechós, internete, caçambas de lixos, doadas, a fim de serem recuperadas, vendidas, e/ou agregadas à coleções particulares.

Eli Lili
Nicolas

Nossos colaboradores citaram os problemas mais comuns: Cabelos danificados ganhou em primeiros lugar, seguidos por riscos de caneta. Bolor, sujeiras, pilhas oxidadas, fungos nos olhos e por dentro dos corpos, aparelhos e corpos quebrados. Estes são os restauros mais comuns que nossos recuperadores enfrentam.

 Jeane Matos
 Eli Lili
Eli Lili

Jeane Matos

Entre as dificuldades encontradas as maiores é a falta de reposição de peças. Muitas chegam com peças e membros faltando e encontrá-los é um verdadeiros desafio. Além das roupinhas é claro. Muitas vezes eles enfrentam o problema de não encontrarem mais a padronagem da roupa original da boneca, qdo isso é uma exigência.

Nicolas

 Jeane Matos

 Jeane Matos


Jeane Matos

Nossos especialistas deixaram dicas importantes de conservação, mas como Jeane Matos, gentilmente mandou seu guia, e como são em maioria as mesmas dicas, estou publicando, para todos.



E fica aqui o contato destes mestres da restauração, caso você precise de mãos mágicas:

Nicolas
@nicolasbrinquedos

Eli Lili
https://www.facebook.com/Desapego-lilisp-948138328585045/
https://www.facebook.com/Eli-Lili-Bonecas-Renascidas-123372001511213/

Jeane Matos
https://www.facebook.com/dollshospital/  

VOLTAR AO TOPO